NOSSA HISTÓRIA

A Associação dos Patrulheiros e Guarda Mirim de Hortolândia tem 15 anos de história. Nesse tempo já atendeu em torno de mil jovens em projetos para inserção no mercado de trabalho, onde tiveram a oportunidade de vivenciar a experiência do primeiro emprego com carteira assinada e devidamente remunerado em empresas multinacionais de médio e grande porte do município.
A iniciativa de criar a instituição foi de Carlos Silva, presidente da Associação. Voltando no tempo 15 anos, ele enxergou a necessidade de criar um local para capacitar os jovens profissionalmente em Hortolândia. A partir daí, Carlos sonhou, planejou e colocou a ideia em pratica. “Em conversas com alguns amigos, percebi a necessidade da criação da Associação dos Patrulheiros, pois via muitos pais preocupados com o futuro de seus filhos. Então, notei a falta que fazia uma instituição em Hortolândia para tirar nossos jovens das ruas e dar a eles um futuro melhor, porque até então eles eram obrigados a ter uma carreira em cidades vizinhas”, contou o empreendedor. Ele lembra ainda que o grupo de amigos visitou várias cidades do estado de São Paulo com o intuito de buscar informações de instituições do ramo e implantar algo bem estruturado.
A primeira reunião foi realizada numa sala emprestada cedida por um amigo. A partir daí, houve mais visitações a empresas de Hortolândia e as portas foram se abrindo. O ano de 2007 entrou para a história e marcou a primeira formatura com a presença de 20 jovens. Camila Luiza dos Santos estava lá na cerimônia, ela foi a primeira patrulheira de Hortolândia e tinha na época 17 anos de idade. “Os educadores eram atenciosos, dedicados, amigos, incentivadores e os colegas eram unidos. As atividades eram dinâmicas e exigentes para extrair o nosso melhor”, relembra. Na época, Camila foi encaminhada para o Sindicato dos Servidores Públicos de Hortolândia para trabalhar como recepcionista onde ficou até completar 18 anos.

Estrutura

O tempo passou e a estrutura ganhou força. Ao longo de 15 anos a Associação já esteve instalada em três locais. O prédio atual se encontra no bairro Jardim Campos Verdes. O local é amplo e tem uma boa estrutura para os jovens, seus familiares e funcionários.

A sede dispõe de amplas salas de aula, auditório, sala de informática, salas administrativas, refeitório, cozinha, recepção e toda a estrutura necessária para ter uma boa qualidade no serviço prestado.

Desde a fundação da Associação Carlos Silva assume a Presidência. Sob sua gestão estão 15 funcionários, entre eles, a equipe técnica (psicóloga, assistente social e coordenadora pedagógica), educadores sociais, contabilidade, entre outros cargos administrativos. Atualmente, a equipe atende mais de 200 jovens. O grupo é dividido em nove turmas, que frequentam uma vez por semana a Associação em dias e turnos diferentes.

pt_BRPortuguese (Brazil)
pt_BRPortuguese (Brazil)